página principal
 
[10/05/2011] - Acesso à internet contribui para o desenvolvimento humano
Brasileiros com emprego, educação, qualificação profissional, opções de lazer e cultura. Essa é a realidade da parcela da população socialmente inserida, mas ainda um sonho para a maioria dos cidadãos. Muitos estão privados do acesso às Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), em grande parte responsáveis por ampliar as oportunidades de desenvolvimento humano. A internet em banda larga chegou a apenas 6,28% dos brasileiros até o ano passado. O preço da conexão é apontado como uma das grandes barreiras por ser um mais caros do mundo. No Brasil paga-se, em média, US$ 100 por um pacote mensal de 1 Mbps. Se comparado com Coreia do Sul, por exemplo, os usuários desembolsam US$ 40 por um serviço 50 vezes mais veloz, ou seja, de 52,7 Mbps. Por isso, reduzir o preço da conexão e incentivar a competitividade no setor são algumas das metas do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). Para se ter ideia do quanto é preciso desembolsar, um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) aponta que o pagamento pelo serviço no Brasil consome 4,5% da renda mensal per capta. Em países desenvolvidos como os Estados Unidos esse índice é de apenas 0,5%.

Beto Cangussu – Advogado, ex-vereador.
 
mais notícias