página principal
 
[02/04/2008] - Lula defende crescimento simultâneo de consumo, crédito e produção

Crescimento do consumo e do crédito aliado ao crescimento da produção. Essa dinâmica foi defendida nesta terça-feira (1º) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em discurso aos integrantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). O conselho realizou sua primeira reunião de 2008 hoje.

"É muito importante o crédito continuar crescendo, é muito importante o consumo continuar crescendo, mas todo mundo sabe que é importante que cresçam os espaços nas fábricas para produzir", afirmou.

Lula explicou que o crescimento simultâneo de consumo, crédito e produção é importante, pois "na hora que houver descompasso [entre a demanda e a oferta], todos nós sabemos que o risco é muito grande e já vivemos isso em outras vezes. Vamos descobrir quais os gargalos e incentivar", disse.

Sobre os rumos da política econômica, o presidente afirmou que nunca trabalhou com um plano secundário, o chamado "plano B". "O que temos é que ser teimosos e continuar fazendo o que está dando certo", observou. Ele disse ainda que a política econômica está no caminho correto. "Demoramos para chegar aqui, qual a razão de pensar em fazer um contorno qualquer? Contorno tem que ser feito nas rodovias, mas na política econômica estamos no caminho certo", respondeu comparando a economia aos caminhos traçados nas estradas.

Sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Lula afirmou que é um processo que está ensinando o governo a "desburocratizar o próprio governo". Ele disse ainda que, com o PAC, está acontecendo uma "revolução" que muita gente ainda não descobriu nesse país.

Agência Brasil 

 
mais notícias