página principal
 
Biografia

Beto Cangussú

é Advogado e Bancário.

 

Iniciou sua participação política nas comunidades e pastorais sociais da Igreja Católica, no final dos anos 70 no bairro do Ipiranga em grupos de jovens.

Ajudou a organizar o Grupo de Jovens Trabalhadores, ligado a Pastoral da Juventude.

Casou-se com Márcia, também do grupo e foram morar no Avelino Alves Palma (Conjunto Habitacional) onde tiveram três filhos. No bairro, como militante das Comunidades Eclesiais de Base participou da luta pelo transporte coletivo, iluminação, grupos de reflexões sobre a conjuntura nacional e do movimento contra o BNH Banco Nacional da Habitação pela redução das prestações da casa própria.

Como bancário, participou da oposição ao sindicato nos anos 80. No Banespa foi eleito Conselheiro regional dos funcionários e diretor da AFUBESP Associação dos Funcionários do Banespa, liderando a luta contra a privatização do banco.

Presidiu o CEDHEP Centro de Direitos Humanos e Educação Popular, entidade respeitada na discussão e elaboração das políticas sociais não governamentais de Ribeirão Preto.

Candidatou-se a vereador em 1992 e l996, dando sua contribuição para organizar o PT na cidade.

Na gestão do Prefeito Palocci coordenou o CETREM (órgão municipal responsável pelos migrantes), foi Diretor Administrativo da Secretaria da Educação e Secretário do Bem Estar Social (hoje Secretaria da Cidadania) nos anos de 1995 e 1996, instalando importantes instrumentos de participação, como o Conselho de Assistência Social, dois Conselhos Tutelares, o Conselho do Idoso, participou dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente e de Moradia, além das políticas de inclusão e valorização dos profissionais da área de assistência social.

Em 1997 foi eleito presidente do PT em Ribeirão Preto. Na sua gestão o partido teve um importante envolvimento com a comunidade, destacando os ciclos de debates realizados mensalmente no teatro auxiliadora sempre com uma grande participação.

O acúmulo de experiências e envolvimento social o levou a vitória na eleição no ano de 2000. Eleito Vereador do PT, Beto Cangussú, pautou-se pela moralização e transparência do Legislativo, criando instrumentos de democratização que fazem hoje da Câmara um palco de grandes debates com a sociedade. Apresentou projetos e trabalhos importantes como o da Tribuna Livre, Orçamento Participativo, Mapa Social, Software Livre, fim dos jetons, emenda lei orgânica contra o nepotismo, Comissão de estudo e pesquisa na área de saúde, defesa do serviço público e do acesso através de concurso, participou do fórum social mundial e ajudou a organizar o fórum regional, preparou o guia cidadão, acompanhamento da execução orçamentária. além das Comissões de Reforma Agrária e do Regimento Interno. Em setembro de 2004 o Grupo Ação Pró-Cidadania que acompanha todas as sessões da câmara considerou o Vereador Beto Cangussú o mais atuante no legislativo.

Em 2002, foi candidato a Deputado Federal, obtendo 28.516 votos.

Foi eleito Vereador em Ribeirão Preto para o segundo mandato 2005 a 2008, sendo o mais votado do Partido dos Trabalhadores na cidade, o vereador Beto Cangussú tem se empenhado na fiscalização do executivo municipal e na apresentação de propostas para melhoria de nossa cidade.